segunda-feira, 14 de março de 2011

Sábias palavras...

Olá.

Hoje foi um dia corrido, lotado de várias dermatologias, a voluntária e a necessária.
Para fechar o dia, um tanto quanto movimentado, me peguei procurando um livro, o primeiro de Dermatologia  que pedi e ganhei de meu pai,  durante minha faculdade no Rio de janeiro em 2004, com sua dedicatória:

" Fernanda,

Parece- me que a pele é como a alma: reflete, principalmente, um estado de espírito.
A pele bonita, é a alma bonita. Feia, é a alma machucada em desesperada busca de remédio.
Se brilha, saudável, exuberante, revela sensibilidade e promete indiscritíveis surpresas; se perde o viço, perde a luz, perde o caminho, perde a graça, perde a vida...
Assim, pele  e alma são congênitas: A primeira revela  a segunda e esta se espelha na primeira.
Este livro é para você que tem pele e alma maravilhosas.

Com grande beijo, seu pai Evanildo."


Hoje, fica a dica de procurar a sua felicidade.

Hoje,  pude compreender, na inocência  e na experiência das palavras do meu pai, que não há pele bonita se não há prazer, se não há felicidade, se não há envolvimento com a vida.

Portanto, seja feliz, para refletir e irradiar beleza, sempre.

Boa noite.


2 comentários:

fisioterapiaegerontologia disse...

Oi Drª, muito sábias as palavras de seu pai! os pais são sempre nossos melhores amigos...
Bem, vou com bastante frequencia passar por aqui, pois gosto muito de assuntos da dermatologia, espero não ser importuna...Grande abraço: Michelle Salerno

Dra.Fernanda Aguirre Bottura disse...

Oi, Michelle.

Obrigada pelas palavras e por acompanhar o blog.
Espero poder acrescentar algo de interessante para vc.
Será sempre muito bem-vinda.
Mts beijos!!